Palestra e oficina com idosos sobre a vida na cidadeObjetivo: fomentar a discussão, proporcionar informações e reflexão sobre o processo de envelhecer na cidade por meio de bate-papo e oficina, na qual foram desenvolvidos e utilizados os temas constantes no Guia Cidade Amiga do Idoso, elaborado pela Organização Mundial de Saúde.

Atividades:

Palestra Bate-papo “Viver e envelhecer na cidade”
Sendo o envelhecimento um processo que ocorre desde o momento em que nascemos, como é chegar aos 30, 40, 50, 60, 70 anos ou mais vivendo na cidade? A proposta desta palestra foi realizar um bate-papo com os participantes buscando refletir acerca desta questão, será que a cidade em que eu vivo me proporciona condições ideais para viver e envelhecer com qualidade? Foram utilizados os conteúdos constantes no Guia Cidade Amiga do Idoso (OMS) para intermediar este bate-papo. Uma cidade amiga do idoso adapta suas estruturas e serviços para que estes sejam acessíveis e promovam a inclusão de idosos com diferentes necessidades e graus de capacidade.

Oficina para idosos “Minha vida na cidade”
Nesta oficina realizamos um trabalho prático para discutir com os participantes sobre a vida deles em meio urbano. Abordamos as questões constantes no Guia Cidade Amiga do Idoso nos seus oito aspectos: espaços abertos e prédios; transporte; moradia; participação social; respeito e inclusão social; participação cívica e emprego; comunicação e informação; apoio comunitário e serviços de saúde. Em cada tema existe um checklist, que utilizamos para levantamento da opinião dos participantes. No final, foi elaborado um relatório com o produto final das respostas dos idosos.

Local: Sesc Santo André, SP.

Data: 05 e 07 de outubro de 2010.

GeroVida Todos os direitos reservados.2017 - Desenvolvimento - Dinamicsite®